Prefeitura Municipal de Chapada dos Guimarães

Você está aqui:

Quarta, 12 Junho 2019 10:15

Empaer estimula economia local; produtores da Chapada poderão ser beneficiados

empaer chapada

Potencial de produção de FLV chega a uma área de 920 hectares com a participação de 460 produtores rurais do Vale do Rio Cuiabá.

Rosana Persona | Empaer-MT

Com o objetivo de apoiar o desenvolvimento da Cadeia Produtiva de Frutas, Legumes e Verduras, nos 14 municípios do Vale do Rio Cuiabá, incluindo Chapada dos Guimarães, técnicos da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) elaboraram um projeto com potencial de produção numa área de 920 hectares com a participação de 460 produtores rurais. O engenheiro agrônomo da Empaer, Almir de Souza Ferro, fala que é importante realizar um diagnóstico em cada município para identificar a tecnologia utilizada, infraestrutura, rendimento, qualidade, transporte, comercialização e outros.

Para obter um abastecimento de hortifruti na grande Cuiabá é importante saber o que está sendo produzido em cada município. Almir conta que em 2010 a empresa realizou um diagnóstico que permitiu o planejamento da produção de 29 variedades de frutas e 29 de legumes e verduras. Na época, o município de Poconé foi considerado o maior produtor de frutas com uma área plantada de 133 hectares. O município de Cuiabá possuía uma área plantada com 165 hectares de legumes e 33,6 hectares com hortaliças. Foi revelado que 1.545 produtores estavam produzindo frutas, legumes e verduras numa área de 1.919 hectares.

De acordo com Ferro, o projeto propõe fomentar a produção de frutas, legumes e verduras em uma área de dois hectares por família, em sistema irrigado, e preferencialmente aos produtores que já estão envolvidos no processo de produção. Serão instaladas Unidades de Referência Tecnológica (URTs) para demonstração e divulgação de tecnologias e resultados utilizando a metodologia de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) e capacitação continuada dos produtores e técnicos. “A intenção é contar com a participação dos produtores que estejam na atividade de plantio, cultivo e comercialização”, enfatiza.

O trabalho vem sendo realizado desde 2010, com o objetivo de aumentar o cultivo de hortaliças para atender a grande Cuiabá, evitando a importação de produtos oriundos de outros estados. O engenheiro destaca que nos últimos nove anos, muita coisa já foi feita para garantir o abastecimento na capital. A Empaer auxiliou os produtores no cultivo de hortaliças e legumes no sistema hidropônico, lançamento de novas variedades de mandioca, banana, abacaxi e outros. “A produção local de frutas, legumes e verduras vai garantir a geração de inúmeros postos de trabalho que poderão contribuir de forma positiva com a economia do estado, além de aquecer o mercado”, explica.

Vale do Rio Cuiabá
O projeto foi elaborado para ser executado pela Empaer em parceria com as prefeituras, Consórcio Intermunicipal do Vale do Rio Cuiabá e organizações de produtores rurais. O projeto atenderia produtores dos municípios de Acorizal, Barão de Melgaço, Campo Verde, Cuiabá, Chapada dos Guimarães, Jangada, Nobres, Nossa Senhora do Livramento, Nova Brasilândia, Poconé, Planalto da Serra, Rosário Oeste, Santo Antônio de Leverger e Várzea Grande.

Prefeitura de Chapada dos Guimarães