Prefeitura Municipal de Chapada dos Guimarães

Você está aqui:

Quarta, 05 Junho 2019 07:44

Círculos de Paz promovem reflexão e autoconhecimento para secretários

circulo da pazParte do secretariado da Prefeitura de Chapada dos Guimarães participou da dinâmica motivacional “Círculos de Construção de Paz”, de autoria do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), ato que promove momentos de reflexão, troca de experiências, autoconhecimento e de valorização do próximo.

O juiz diretor do Foro da Comarca de Chapada dos Guimarães, Leonísio Salles de Abreu Júnior convidou os servidores para participar da ação que busca organização a comunicação em grupos, fortalecendo os vínculos entre os colegas de trabalho. “O Círculo incorpora e nutre uma filosofia de relacionamento e interconectividade que pode nos guiar em diversas circunstâncias”, destacou Leonísio Salles.

A prefeita de Chapada, Thelma de Oliveira, participou da dinâmica e disse que a ferramenta de gestão pessoal apresentada pelo magistrado é essencial para criar ambientes de trabalho positivos, e que isso acaba por melhorar a prestação de serviço à população. “Servidores mais contentes são mais engajados em resolver problemas, atender demandas, criar soluções, e isso é perceptível em resultados como uma melhoria no atendimento ao público”.

“A dinâmica prática circular tem muitas funções, como a de conhecer uns aos outros, entrar em contato com a história de vida daquele que há anos trabalha ao nosso lado e que poderia me ajudar em alguns pontos para eu me sentir mais forte. Esses momentos são voltados para compartilhar aquilo que realmente vai em nosso íntimo, na nossa alma, não só no aspecto negativo, mas também no positivo”, explicou o magistrado.

Para muitos o Círculo de Paz foi uma surpresa interessante porque pôde conhecer melhor os colegas. A ferramenta realmente proporciona a paz. De acordo com a chefe de Gabinete, Marcela Paixão, o encontro foi impar e deu momentos de descontração e cumplicidade. “Abrimos o diálogo entre todos, aproximamos os colegas de trabalho, com comunicação e troca de valores. Perguntas empáticas em busca de aflorar os sentimentos de todos os participantes e fomos infinitamente felizes no encontro desse objetivo. Alcançamos a subjetividade das pessoas”, disse.

Prefeitura de Chapada dos Guimarães