Prefeitura Municipal de Chapada dos Guimarães

Você está aqui:

Terça, 09 Abril 2019 17:44

Prefeitura fecha parceria com Instituto Ciranda e beneficia 80 crianças e adolescentes

chapada instituto ciranda 1A Prefeitura de Chapada do Guimarães, em parceria com a Câmara de Vereadores, Ministério Público e a organização não governamental (ONG) Ponto de Luz, vão beneficiar 80 crianças e adolescentes de comunidades carentes. O trabalho será realizado via Instituto Ciranda, que disponibilizará dois professores do Projeto Ciranda - Música e Cidadania, criado com o propósito de montar escolas de música para atender crianças e jovens de baixa renda. A prefeitura investiu R$ 21 mil na compra dos instrumentos musicais.

“Nosso objetivo é fazer do ensino musical um meio de cidadania onde os alunos aprendem a ter disciplina, participam de atividades em grupo, desenvolvem o protagonismo, aumentam sua autoestima, além de terem o privilégio de acesso a músicas de qualidade e aprenderem a tocar um instrumento”, disse o maestro Murilo Alves, diretor do instituto. As turmas serão divididas em quatro grupos, que poderão optar pelas aulas de violino e flauta doce. As aulas serão ministradas na ONG Ponto de Luz.

A idéia de trazer o projeto para Chapada surgiu da vereadora Michele Weber, que após procurar a Secretaria de Assistência Social, obteve apoio de um grupo de agentes sociais interessados em instalar o Ciranda na cidade. “A recepção da prefeitura foi a melhor possível, e depois começamos a contar com apoio de vários parceiros, como o Ministério Público, que viram no projeto uma oportunidade de melhorar a vida de crianças e adolescentes que vivem em situação de vulnerabilidade”, destacou a vereadora.

A prefeita de Chapada, Thelma de Oliveira, lembrou que toda ação que tenha como objetivo beneficiar a população deve contar com o apoio das autoridades públicas. “Promover a educação e a cultura destes cidadãos, fazer com que cada um deles sinta-se parte da construção de uma sociedade mais justa e garantir oportunidades e facilidades à criança e ao adolescente para o seu desenvolvimento mental, moral, espiritual, social e artístico, em condições de liberdade e dignidade, como preconizado pelos estatutos de direitos da criança e do adolescente, é nosso dever”.

A secretária de Assistência Social, Roseli Belfort Mattos, salientou o empenho dos servidores da pasta envolvidos no projeto, buscando viabilizar o projeto. “É nossa obrigação oferecer aos jovens formação técnica e condições para o exercício de cidadania; devemos promover os valores da cultura de paz junto a nossas crianças e jovens, de modo a contribuir para o desenvolvimento social”.

O diretor do Instituto Ciranda, Murilo Alves, explicou que a promoção destes valores se dá através da capacitação de jovens com talentos para a música, e disse que muitos dos que passaram pelo projeto hoje vivem como músicos profissionais ou continuaram seus estudos em importantes universidades e conservatórios do Brasil.

Fonte: Rodrigo Maciel Meloni - Assessoria de Imprensa

Prefeitura de Chapada dos Guimarães